sábado, 16 de janeiro de 2010

CARA E CULTURA NEGRA, Eu fui

2009


                                                                                                   Foto arquivo Ellen Olléria                                    

"Entre muitos acertos dos movimentos negros está o dia da Consciência negra. Não um dia 'inventado' pelo algoz, mas o dia histórico da pele preta eternizada na figura de Zumbi dos Palmares. Enquanto o feminino que não foi contado nos livros segue sendo base pra construir o que se chamou de realidade eu vou rememorar as lágrimas, o sangue, as vozes das mulheres negras que são, em si mesmas, os movimentos negros e o próprio Zumbi.

A cara é feminina.

A cultura é feminina.

O Cara e Cultura Negra potencializa na cena a
voz dessas mulheres negras.

A minha negra voz."

ELLEN OLLERIA


Nenhum comentário:

Postar um comentário