sábado, 15 de agosto de 2009




AÇÃO DO CARA E CULTURA NEGRA RECEBE PREMIO INTERNACIONAL


O livro Gula d’África O sabor africano na mesa brasileira, publicado pela Editora Senac-DF, foi a ganhador do prêmio Gourmand Awards Best in the word, em Paris, na categoria Best Forieign Cookery Book in the World (Melhor livro de culinária estrangeira do mundo). Competiram exatamente 26 países nessa categoria.
O livro foi lançado em 2007 e oferece ao leitor a oportunidade de descobrir (ou reconhecer) que a culinária brasileira do dia a dia possui muita influência da culinária africana. Pratos como abará, acarajé, bobó, caruru, cuxá, dendê, efó, mungunzá, muqueca, quibêbe, vatapá ou xinxin, são tipicamente de origem africana e foram incorporados à gastronomia nacional.

Organizado por Flávia Portela, com coordenação de Marta Moraes e textos do jornalista Leandro Fortes, o livro apresenta as principais receitas africanas adotadas pelo brasileiro e também as principais receitas da culinária africana, que foram cedidas por várias embaixadas.

Esta obra, que faz parte do projeto Cara e Cultura Negra, é uma homenagem àqueles que contribuíram para a formação da cultura brasileira, seja por meio dos costumes, danças, lendas, festas, gastronomia e outras inúmeras manifestações culturais que fazem de nós, brasileiros, uma verdadeira miscigenação racial..

Nenhum comentário:

Postar um comentário